Carteiro é agredido por exercer sua profissão em Jaru/RO

Conforme consta no boletim de ocorrência de nº 1960 registrado na primeira delegacia de Polícia Civil da cidade de Jaru, o servidor dos correios se dirigiu até a residência do empresário por volta das 17 horas desta sexta feira, para lhe entregar uma correspondência, e pelo fato da campainha estar danificada o mesmo bateu no portão da residência, sendo então atendido pela esposa do agressor que já lhe recepcionou de forma arrogante, momento em que o carteiro verbalizou a ela que estava ali a cerca de 5 minutos e necessitava da assinatura do destinatário, quando então o empresário sai da residência e começou a agredir verbalmente o servidor público com palavras de baixo calão, e em dado momento atirou o seu celular contra o carteiro, atingindo-o na altura de seu ombro esquerdo.

Não satisfeito o agressor desferiu um chute na coxa do servidor lhe derrubando de cima de sua bicicleta, juntamente com as correspondências, continuando então as agressões, desferindo socos e ponta pés na cabeça do jovem que tentava se defender no chão, momento em que a Polícia Militar foi acionada e encontrou os envolvidos ainda no local, realizando assim a condução de todos para delegacia de polícia local.

O jovem carteiro foi levado para o hospital onde foi constatada uma fratura em um dos dedos de sua mão direita, além de lesões em seu corpo. Diante dos fatos o delegado de polícia Dr. Salomão de Matos, enquadrou o agressor nos crimes de lesão corporal grave e injuria, descritos nos artigos 129 e 140 do código penal brasileiro. Sendo então efetuado a prisão em flagrante do empresário que posteriormente foi conduzido ao presídio local, onde o mesmo permanece preso à disposição da justiça.

Os advogados do empresário deram entrada ainda neste final de semana com o pedindo de Habeas Corpus do acusado, o qual foi negado pela justiça.

Fonte: http://www.rondoniaovivo.com

Comentários